Curandeiro é preso após vender cura para o coronavírus

Sem sair de casa e pela internet uma Juíza mandou prender um curandeiro de 38 anos que vendia a “Cura do Coronavírus na Cidade de Ipanema, no Vale do Rio Doce.

O nome do produto era bastante sugestivo, “Imunotex Plus”, constituído por ervas naturais extraídos de gerânio, ao custo de R$ 30 o frasco. 

O curandeiro dizia que seu produto era “milagroso”, capaz de curar o novo coronavírus e várias outras doenças, como o câncer.

O crime está previsto no artigo 273, do Código Penal (falsificação, corrupção, adulteração ou alteração de produto destinado a fins terapêuticos ou medicinais”.