Merenda em Casa: Prefeitura de Itabira beneficiará alunos em vulnerabilidade com kit alimentação

A Prefeitura de Itabira instituiu o programa Merenda em Casa para assistir estudantes da rede pública de ensino durante a pandemia do novo coronavírus. As famílias dos alunos, em situação de vulnerabilidade social e beneficiárias do Bolsa Família, receberão um voucher para retirada de um kit de alimentação escolar em supermercado credenciado. Cada cesta terá valor de R$ 60,54 e respeita critérios técnicos e nutricionais estabelecidos pelo Governo Federal.

O programa está em fase de credenciamento de supermercados – as propostas dos estabelecimentos serão abertas nesta sexta-feira (22). Após o trâmite, a direção das escolas e creches estabelecerão o cronograma de entrega do voucher aos pais ou responsáveis pelos alunos, para a retirada das cestas no estabelecimento mais próximo.

Levantamento inicial da Secretaria Municipal de Educação (SME) estima que quatro mil alunos das instituições do Município tenham direito ao benefício. A identificação das famílias é feita pela direção das escolas, mediante cadastro escolar.

O Decreto 3.283/20, assinado pelo prefeito Ronaldo Lage Magalhães, versa sobre a inciativa. Conforme o documento, no primeiro mês de distribuição das cestas, serão assistidos também os alunos das escolas estaduais na cidade.

O secretário de Educação, José Gonçalves Moreira, salientou que o programa beneficia aqueles que tiveram que permanecer em casa por conta da necessária suspensão das aulas. “Como as aulas tiveram que ser interrompidas, destinaremos o orçamento da merenda escolar para assistir os lares com cestas básicas. É mais uma mobilização do Governo Municipal para que a população itabirana possa superar esse momento difícil”, disse.

Cestas extras

A SME reverteu seu estoque de alimentos em 580 cestas, contendo caixas com biscoitos, achocolatado, leite e feijão. Os mantimentos começaram a ser entregues nesta terça-feira (19) e atenderão alunos da Escola Municipal Pedreira do Instituto, assim como o núcleo educacional do bairro homônimo, e do centro municipal de educação infantil Maria de Nazaré, no bairro Nova Vista.

Como não há previsão de retorno às aulas, a SME decidiu compor as cestas com o que havia no estoque e distribui-los às instituições sorteadas.

ASCOM PMI