Live de Romário Araújo e Nonoca arrecadam duas toneladas de alimentos

A segunda live de Romário Araújo e Nonoca aconteceu ontem (8). Diferente da primeira (Live Show) desta vez o foco foi a arrecadação de alimentos. Samuel Alves, produtor e idealizador do evento disse que “na primeira tivemos um bom volume de arrecadação, porém, esta teve o nome de Live Solidária para mostrar a real intenção do show”.

O repertório manteve a linha que marca a trajetória dos dois amigos: clássicos do samba e mpb das décadas de 60, 70, 80 e canções contemporâneas. Romário Araújo, músico com mais de 30 anos “nos palcos da vida” era pura emoção ao final do show: “Pensei que seria complicado superar o sucesso da primeira live, mas graças a Deus, o público participou ativamente nas doações e postagens, especialmente no canal do Youtube. Estou grato a todos”.

Ronotil, o conhecido Nonoca, inovou no show tocando trombone, marca registrada em sua carreira: “As pessoas me cobram porque não toco o instrumento. Sempre digo que vai muito da pegada do momento. Pelo repertório escolhido, senti a necessidade de tocar o trombone”.

O apresentador do evento Tonny Morais disse durante a live da possibilidade de uma terceira apresentação, porém, com a banda Força do Samba e os músicos da primeira formação. Samuel comentou: “É uma possibilidade que estamos analisando.

Muitos amigos da primeira formação moram em cidades diferentes, distantes. Apesar de todos terem nas veias o sangue do Força do Samba, serão necessários encontros para definirmos algumas ações e o principal: ensaios. É uma logística complicada. Vamos iniciar os estudos para esta apresentação na próxima semana, após balanço desta live que terminou. Mas as chances são boas sim, vejo com bons olhos essa possibilidade.”

A apresentação contou com participações do cantor Gui, da banda Los Hervês e da cantora solo Ana Santiago.

SOLIDARIEDADE

O evento arrecadou 102 cestas básicas que servirão para alimentar 402 famílias, 400 pessoas em média, em um total de duas toneladas. Houve ainda doações de cartões alimentação e materiais de higiene. O projeto contou com o patrocínio da Cemig, CFC Guanabara, Valenet e Anti Multas Brasil. Com apoio do site RKIO notícias.