Monitora de creche é a primeira educadora a ser vacinada contra a Covid-19 em Itabira

A Prefeitura de Itabira começa a imunização contra a Covid-19 dos funcionários da educação da rede pública e privada a partir de quarta-feira (9). Porém, nesta terça-feira (8), um ato simbólico marcou o início da vacinação para a classe. A primeira a receber a dose do imunizante AstraZeneca foi a monitora de creche Dinalva Zeferino. A cerimônia aconteceu no gabinete do prefeito Marco Antônio Lage e contou com a presença da secretária de Educação Luziene Lage, da secretária de Saúde, Luciana Sampaio, e do assessor de Gestão, Programas e Metas, Gabriel Quintão.

Na rede municipal há 8 anos, Dinalva Zerefino é monitora do Centro Municipal de Educação Infantil (CEMEI) Stella Lage Rosa, no bairro Água Fresca. Com dedicação, ela cuida das crianças na creche e não vê a hora de retornar às aulas. A professora se emocionou ao receber a primeira dose da vacina, no momento em que as escolas estão se preparando para o retorno. “A gente fica muito feliz porque a vacina é uma segurança. Os pais estão ansiosos para o retorno das aulas, para que os alunos possam retornar às atividades, principalmente com a interação”, disse Dinalva.

O prefeito Marco Antônio Lage exaltou o momento e disse que a imunização que agora se inicia permite enxergar o horizonte da reabertura das escolas para as aulas presenciais. “A educação é uma prioridade do nosso governo e retornar às salas de aula com segurança foi uma diretriz que impus desde o início. Ver um professor se vacinar é simbólico, pois traz essa esperança de que estamos conquistando um lugar melhor em meio a toda essa tristeza que é a pandemia”, declarou.

Para a secretária de Educação Luziene Aparecida Lage este é um momento importante e que precisa ser comemorado. “Eu acredito que esse é o momento de celebração. É um momento que nós estamos aguardando, porque todo professor merece ser vacinado para podermos ir e vir da nossa casa para a escola. Com isso, vamos conseguir resgatar o ambiente escolar, que é um ambiente acolhedor para as crianças, adolescentes e também para as famílias. Vamos continuar trabalhando de forma lúdica, integrada e participativa com a aprendizagem. É a gente ressignificar essa nossa escola no modelo da pandemia, quando estaremos em um ambiente de forma presencial, embora não tão juntos quanto gostaríamos”, relata a secretária.

A Secretaria Municipal de Saúde (SME) espera imunizar cerca de 2,5 mil pessoas ao todo, entre profissionais da rede municipal, estadual e privada. Seguindo o escalonamento orientado pelo Ministério da Saúde a vacinação contra a covid-19 inicia com os trabalhadores da educação infantil e creches da rede pública, porém, o calendário irá seguir até a vacina chegar a todos os profissionais da educação.

A vacinação dos profissionais da Educação será nos drive-thrus da Prefeitura e da Funcesi, de 9h às 16h, obedecendo à seguinte escala:

– Quarta-feira (9): vacinação de trabalhadores da educação infantil e creches da rede pública;

– Quinta-feira (10): vacinação de trabalhadores da educação infantil e creches da rede pública;

– Sexta-feira (11): vacinação de trabalhadores da educação infantil da rede particular.

O profissional a ser vacinado deverá apresentar o contracheque de maio ou junho deste ano e a declaração da instituição de ensino em que trabalha. A declaração ficará retida no ato da vacinação.

ASCOM PMI

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com