Punição na Fifa, dívidas e aporte no futebol: os primeiros planos de Ronaldo no Cruzeiro

Ex-jogador da Raposa destinará recursos iniciais para questões mais urgentes no clube

O acordo entre Ronaldo e Cruzeiro passa por uma sinalização de investimento no futebol na casa dos R$ 400 milhões, diluídos em alguns anos. Já existem prioridades elencadas nos primeiros passos do Fenômeno na volta à Toca da Raposa, na condição de investidor.

Segundo apurou o ge, Ronaldo pretende realizar um aporte para o pagamento das duas dívidas que impedem o Cruzeiro de registrar atletas desde junho deste ano. Elas estão na casa dos R$ 15 milhões atualmente. Com isso, o clube mineiro poderá registrar as nove contratações que já oficializou.

Com isso, a nova gestão no Cruzeiro passará a ser implementada e poderá aportar mais recursos para a chegada de novos profissionais. Ronaldo, claro, deseja um time forte a fim de conseguir levar o Cruzeiro de volta à Primeira Divisão e ver o projeto dando certo nos primeiros meses.

O Fenômeno também irá se debruçar na dívida global da Raposa, na casa de R$ 1 bilhão, da qual passa a ser devedor solidário. A operação entre clube e o ex-jogador irá passar pelo plano de pagamento dos débitos, com foco nos mais urgentes. Até janeiro, o Cruzeiro precisa apresentar um plano de pagamento no Tribunal Regional do Trabalho e no Tribunal de Justiça de Minas Gerais.

Reprodução GE

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com