Ainda não vencemos a batalha contra o COVID19

Não é hora de relaxar, é momento de manter a guarda alta, cuidar de nós e dos que amamos, os números estão aí, me preocupa o aumento de novos casos, cada vez mais conhecemos alguém que se contaminou pelo corona vírus, antes apenas escutávamos histórias sobre contaminados, hoje temos pessoas próximas a nós, contaminadas, assintomáticas ou com sintomas leves, ou até mesmo conhecemos alguém que esteve ou que está internado pelas complicações do corona vírus.

Ainda não é momento de festas, barzinhos lotados, ainda não é momento de aglomerações ou relaxamento nos cuidados. O resultado desse relaxamento temos visto nos noticiários de vários meios de comunicação, nos últimos dias um crescente número de pessoas contaminadas, aumento da ocupação dos leitos em hospitais e principalmente, cada dia mais pessoas próximas a nós estão acometidas pelo COVID19.

Vejo o momento com preocupação do que pode estar por vir, o distanciamento social esquecido por muitos, relaxamento nas ações de higiene e prevenção, são comprovadamente eficazes, não podemos subestimar o “inimigo”.
Vejo que o aumento dos casos é de responsabilidade de todos nós, eu uso máscara porque além de me proteger, protege você e aos que convivem comigo diariamente e esse deve ser o pensamento de todos nesse momento. Ao sair pelas ruas de máscara muitas das vezes chego a me perguntar: Será que somente eu ainda não fui vacinado? Será que sou eu que estou com medo excessivo? Ao mesmo tempo que me pergunto tenho a resposta.

Fiquei alguns dias intubado, em coma, passei alguns meses deitado em uma cama ao ponto de ter feridas nas costas, fiquei sem comer, esqueci como andar, como falar, usei fraldas por vários e vários dias, fiquei sem o abraço dos meus filhos, perdi inúmeras coisas, não quero passar por isso novamente por irresponsabilidade minha, por não usar máscara, por não higienizar minhas mãos, por não seguir normas que o mundo todo segue para a prevenção desse “inimigo silencioso” de nome COVID19.

Pratique o cuidado, previna-se e principalmente, cuide de sua família que é o seu bem maior.

Não é hora de relaxar, de baixar a guarda, de fingir que não temos nada a ver com o que está acontecendo no mundo todo, pior que a primeira onda de problema, é a segunda onda da irresponsabilidade!

Tiago Muzzi – Enfermeiro, Analista de Emergência

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com