Seis pessoas são presos em flagrante por cárcere privado

Como desdobramento dos trabalhos realizados pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG), nessa segunda-feira (19), em uma clínica de recuperação de dependentes de álcool e drogas, na cidade de Prudente de Morais, das oito pessoas encaminhadas à delegacia, seis foram presas em flagrante por cárcere privado qualificado. O proprietário do estabelecimento também foi autuado por crime ambiental ao manter animais silvestres, no caso os pássaros, em cativeiro.

A operação deflagrada pela PCMG tem o objetivo de apurar denúncia de maus-tratos contra os internos. O local não possui alvará de funcionamento e atendia, de forma precária, 45 homens com idades entre 18 e 80 anos. Do total de pacientes, 32 foram encontrados trancados. Além do crime de cárcere privado, são investigadas práticas de agressões física e psicológica, abuso sexual, ameaça e sedação de interno à força.

Saiba mais:

ASCOM PCMG

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com