Advogado é indiciado pela PCMG por morte de motociclista

A Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG) concluiu a investigação sobre o acidente de trânsito, ocorrido no dia 5 de outubro deste ano, no km 3 da Rodovia AMG-2990, em Taparuba, região do Rio Doce. Na ocasião, um motociclista de 34 anos morreu após colidir de frente com um carro conduzido por um advogado, de 70 anos. O idoso foi indiciado por homicídio qualificado pelo fato de estar sob a influência de álcool.

Os policiais que estiveram no local do acidente disseram que o advogado apresentava hálito etílico, olhos vermelhos, fala desconexa e andar cambaleante. Por esse motivo, o homem foi encaminhado à Delegacia de Plantão em Caratinga, preso em flagrante, mas liberado em seguida por decisão judicial.

Diante dos fatos, a equipe da Delegacia de Polícia em Ipanema iniciou as investigações, sendo o laudo pericial conclusivo em demonstrar que a colisão ocorreu na faixa de rolagem em que seguia a motocicleta. Assim, a causa do acidente foi a invasão da pista contrária pelo carro do advogado. Com base nos elementos investigativos, o homem foi indiciado pelo homicídio qualificado.

Site Protection is enabled by using WP Site Protector from Exattosoft.com